Menu fechado

Administrando o tempo

Embora estejamos na era digital, os papéis continuam sendo os grandes vilões das mesas. Freqüentemente nos encontramos envoltos por pilhas de papéis que nos deixam cada vez mais “malucos”. :

1) A comunicação escrita deve ser usada somente quando estritamente necessária. Havendo realmente a necessidade de escrever faça-o em seu caderno ou através de e-mail e só use papel solto em último caso.

2) Quando você estiver em dúvida se um papel deve ou não ser guardado a resposta já está dada: jogue no lixo. Papel importante não gera dúvida quanto ao seu arquivamento. O caderno por outro lado é seu aliado nas revisões.

3) Nunca faça anotações em papéis soltos. Esses papéis ou são perdidos ou ficam amontoados sobre a mesa. O ideal é utilizar um bloco de anotações ou mesmo o caderno da matéria ou matérias.

4) Crie o hábito de arrumar a sua mesa, livros, apostilas, cadernos no mínimo uma vez por semana. O ideal é arrumá-la todos os dias, logo ao chegar ou antes de sair:

• ao chegar você tem a possibilidade de encontrar “alguma matéria, lição ou exercício” que deveria ter sido resolvido ou estudada no dia anterior e já se programar para resolver a questão.

• antes de sair você tem a possibilidade de constatar que ainda não resolveu tudo que deveria e, se ainda for possível, resolver.

5) Não cometa o preciosismo de subdividir demais os assuntos, isso dificulta tanto o arquivamento quanto as consultas na hora do estudo.

6) Efetue a sua análise considerando: os resultados individuais em cada matéria, os resultados após a segregação das atividades e a relação das atividades com os seus objetivos educacionais e pessoais.
a) Analise a sua performance no tratamento de cada matéria:
– quanto tempo você levou para concluir cada lição?
– esses tempos estão satisfatórios?
– você tem deixado muitas dúvidas sem solução?

b) Separe todas as atividades realizadas em quatro categorias e analise os tempos gastos em cada uma:
– atividades rotineiras;
– atividades planejadas;
– atividades não planejadas: as surpresas, retrabalho, etc
– atividades desperdiçadoras de tempo: interrupções, bate-papos e atrasos.

c) Pergunte-se: quais são meus objetivos educacionais e pessoais?
Considerando a sua resposta, reveja todas as atividades realizadas perguntando-se: esta atividade tem relação com os meus objetivos?

Após essa simples verificação, você tem condições de concluir por si só o que deve fazer e como fazer!

O planejamento do seu tempo vai fazer você gerenciar e criar uma rotina de forma inteligente.

Um dos objetivos do planejamento é você expor de forma prática, as dificuldades a serem trabalhadas nas matérias, conceitos e fundamentos do porquê e certos empecilhos na administração de seu tempo para o estudo, bem como as ferramentas da mesma, no planejamento e obtenção de resultados no cotidiano.

Você planejando o seu tempo, verificará que será um auxilio para realizar mais e melhorar o seu desempenho nas matérias. Melhorará a sua concentração e obtenção de resultados nas provas e exames. Haverá uma diminuição no nível de stress e ansiedade, além de melhorar a sua qualidade de vida. Você vai até evitar as cobranças familiares que ocorrem quando as coisas não vão bem ou não estão satisfatórias.

Você sabe que deve administrar e gerenciar o seu tempo de acordo com sua necessidade, sabendo identificar os tomadores de tempo e estabelecer objetivos. Não esqueça da necessidade de se concentrar e não só de manter-se ocupado; a concentração é fundamental para o seu rendimento. Lembre-se da importância de fixar metas e atingi-las, de definir prioridades e utilizar os recursos tecnológicos a seu favor a fim de ganhar tempo nos estudos diários. Você vai ter que criar no planejamento e adquirir novas atitudes e hábitos para conquistar seus objetivos e mais qualidade de vida.

Veja também: