Menu fechado

Enfrentando o Vestibular!

Organize-se essa é a palavra chave. Faça um esquema do que deverá estudar e quando fará isso, elegendo prioridades.

Na hora do vestibular, não escolha o curso apenas para resolver logo a questão. É fundamental conhecer tudo: a profissão, quais as matérias que se estuda, o campo de atuação depois de formado. Namore a profissão e, só depois de conhecê-la a fundo, case-se com ela.

Para se sentir mais seguro de sua escolha, você pode optar por uma orientação vocacional. Ela irá ajuda-lo a restringir os alvos para onde deseja atirar. Outra opção é conhecer também as dicas do portal parceiro do Vestibuol, o Vestibular1 (www.vestibular1.com.br) que tem muita informação e um Guia de Como Escolher a Profissão.

Engana-se quem acredita que apenas os livros são suficientes para se dar bem no vestibular, ler jornais ver bons filmes, enfim, enriquecer e diversificar a sua cultura pode ajudar até na hora de fazer a temida redação.

Caso resolva entrar num cursinho, entre para levar a coisa a sério. Pode ser um pouco desgastante mas é um caminho importante para chegar lá.

Esqueça a pressão dos pais e afins, uma conversa legal explicando o porquê do seu esquema de estudo pode ajudá-lo a entender que você não está estudando nem de mais, nem de menos.

Nada de bitolação você deve obedecer a uma rotina organizada, mas precisa deixar uma brechinha na agenda para relaxar e descansar, inclusive nos finais de semana.

Principais sintomas do estresse

Em maior ou menor grau, isolado ou agrupado, esses sintomas atormentam o dia-a-dia de quem está estressado:
-Respiração mais rápida e curta;
-Ombros, pescoço e maxilares ficam tensos;
-Dificuldade para se concentrar e memorizar;
-Dificuldade para controlar emoções;

Estresse coisa séria

Cobranças e mais cobranças, mudanças no corpo, na cabeça, na vida. Tudo vai embolando e quando você não está mais aquentando e dá um “basta”, ainda tem que ouvir: “Calma, para que tanto estresse?”

Pois sabia que essa frase aparentemente casual pode ter um fundão de verdade. Ao contrário do que muita gente imagina, o estresse não é “privilégio” apenas daqueles executivos engravatados.

Olha só o que empurra a moçada da sua idade nessa direção:Aulas de idiomas, viagens, baladas com a galera. Só que essa batida alucinante pode provocar, sim o tal estresse. Paralelamente, existe o colégio, o namoro, os amigos, a família.

Cobranças e mais cobranças e lá vem mais e Estresse!

Fora isso, existem confusões que habitam a sua mais profunda intimidade: descobrir quem você é, satisfazer as próprias expectativas e as dos adultos também.

Claro, e ainda tem o Enem além do vestibular.

Alguns o consideram monstro e você? Num momento em que “periga” você nem sabe seu nome direito, precisa escolher uma profissão que definirá o seu futuro. Em casa, pais, avós, vizinhos, todo mundo na sua cola. Haja palpites e conselhos! Dá vontade de sumir e só voltar quando todo mundo esquecer o assunto. Por outro lado, você pode enfrentar tudo com muito bom humor, só depende de você!

Se você assinalou quatro ou mais itens, é hora de prestar mais atenção em si mesmo e aprender a controlar se estresse.

Aprenda a transformar os momentos em que está sozinho em total curtição, como a hora do banho, da barba (ou da depilação) cante no banheiro, olhe-se no espelho e converse com você mesmo(a).

E também não deixe de visitar as seções do Vestibular1 (www.vestibular1.com.br) que lhe dá apoio emocional e ajuda com muitas outras dicas e artigos sobre o assunto.

Enfrente esta fase com alegria e naturalidade, assim, tudo fica mais fácil!

Veja também: