Menu fechado

Leitura Dinâmica

A Leitura dinâmica

Antes de tudo é preciso desmistificar a leitura dinâmica. Este método, durante muito tempo foi “taxado” como um sistema para fazer uma leitura rápida e superficial. Por isto muitas pessoas procuram conhecê-lo apenas para ler mais rápido. A velocidade na leitura dinâmica é importante, mas não é o único objetivo. A pessoa aprende a se concentrar mais, perceber e raciocinar melhor, ser mais seletivo, motivar-se pela leitura, encontrar valor no texto, desenvolver o vocabulário e a compreensão, conhecer técnicas de estudo e eliminar vícios de leitura.

Testes comprovam que com treinamento o cérebro poderá aumentar muito a sua capacidade mental. No campo da leitura, pesquisas indicam que o ser humano com apenas algumas semanas de exercício pode aumentar a sua velocidade em até 5 x e ainda potencializar a de absorção e retenção da informação. Baseado nestes estudos, foi desenvolvido um curso de leitura dinâmica e memorização que poderá ajudar as pessoas a aumentar o poder de suas mentes.

Reveja seus conceitos
Quando aprendemos a ler somos ensinados a ler as palavras soletrando as sílabas, é assim que informamos ao cérebro o significado dos termos, ou seja, ao lermos uma palavra com 4 silabas, temos que enviar ao cérebro 5 informações, 4 para as sílabas e outra para fazermos a conexão entre elas. Mas é comprovado científicamente que somos capazes de ler palavras inteiras e até frases de uma só vez.

Veja no diagrama abaixo as palavras e frases sendo jogadas em segundos e perceba que você entende as palavras mesmo sem ter tempo para soletrar as sílabas.

Salto de olhos
Veja abaixo como um leitor comum lê uma frase.

Reveja:

Com apenas alguns exercícios, podemos diminuir o salto dos olhos, otimizando a leitura e melhorando nossa velocidade.

Um leitor dinâmico, dependendo de seu grau de avanço consegue ler as palavras saltando 2 vezes por frase ou algumas vezes ler frases inteiras com apenas 1 fixação de olhos.

Reveja:

Está ficando fácil?

Memorização

Da mesma maneira que aprendemos na escola a ler textos de forma lenta e ineficiente mas absorvendo o que está sendo lido, podemos “treinar” o nosso cérebro com uma nova maneira de ler, sem prejudicar a compreensão dos textos. É importante frisar que a leitura dinâmica não é nada sem a devida compreensão. Por isto você precisa aprender a concentrar nos textos usando o sistema de identificação de palavras chaves ou centralização de temas para que você aprenda tudo que está sendo lido.

Você sabia que com treinamento, nosso cérebro é capaz de ler até 4 x mais rápido do que estamos acostumados e reter até 90% da informação lida?

É por que quando aprendemos a ler somos ensinados a ler as palavras soletrando as sílabas, é assim que informamos ao cérebro o significado dos termos, ou seja, ao lermos uma palavra com 4 silabas, temos que enviar ao cérebro 5 informações, 4 para as sílabas e outra para fazermos a conexão entre elas. Além deste fato temos alguns vícios de leitura que nos atrapalham no aprendizado e na velocidade em que lemos, por exemplo:
– Subvocalizar o que se está lendo.
– Apontar o dedo na leitura.
– Ler com vários saltos de olhos.

Existem maneiras de “treinar” sua mente de modo a melhorar o resultado de suas leituras. Como e exposto acima, aumentando o seu rendimento na leitura, retenção e síntese dos assuntos estudados, com o mínimo consumo de tempo e energia. Tornando a sua leitura mais proveitosa, incentivando uma busca contínua de novas informações e conhecimentos.

Para obter melhores resultado em seus estudos você precisa passar por quatro etapas do desenvolvimento:

– Na primeira etapa você deve se conhecer melhor de modo a se preparar para as mudanças, promover uma identificação da situação atual.
– Na segunda etapa você deve identificar e eliminar as causas da deficiência na sua leitura.
– Na terceira etapa você deve se dedicar ao condicionamento, à velocidade,à ampliação do campo visual e à pré leitura.
– Na quarta etapa já será possível fazer a aplicação das técnicas de leitura dinâmica.

Problemas e vícios de leitura
Todos nós temos vícios e problemas de leitura, muitas vezes não percebemos pois não paramos para prestar atenção na maneira como lemos.

Veja abaixo alguns vícios:
– Desconcentração
– Apontar usando os dedos ou canetas
– Regredir sistematicamente
– Movimentar a cabeça durante a leitura
– Acompanhar oralmente a leitura (vocalização)
– Repetição mental da leitura (subvocalização)

O Cérebro e os estímulos
O Cérebro responde de forma compatível aos estímulos que recebe. Se você durante anos, vem lendo lentamente, os estímulos vem sendo enviados para o cérebro em baixa velocidade, e este responde de forma igualmente lenta.

Na leitura dinâmica, os estímulos são enviado mais rapidamente para o cérebro, elevando a velocidade de raciocínio.

Dúvidas freqüentes:

1 – O fato de aprender a ler dinamicamente não prejudica a compreensão do texto lido?
A leitura dinâmica não existiria se não pudesse ser feita de forma a absorver toda a informação lida, não teria sentido. O método ensina a você identificar suas deficiências, eliminar os vícios de leitura, traçar uma nova postura em seus estudos para que você possa obter o melhor resultado.

2 – A partir de que idade posso aprender a fazer leitura dinâmica?
É aconselhável o uso do método a partir de 10 anos, que é quando a pessoa já amadureceu a leitura e está apta a melhorar seu rendimento nos estudos.

3 – Quanto posso evoluir na minha leitura?
Cada um está em um nível de leitura, não há como dizer o quanto você pode evoluir, mas para você ter uma idéia podemos te dar alguns parâmetros. Uma pessoa antes de utilizar o método de leitura lê por volta de 100 palavras por minuto, depois a pessoa poderá atingir velocidades superiores a 400 ppm, ou seja 4 vezes mais rápido. E não é só isso, a retenção da informação lida passa de 60% para 90%, ou seja, a absorção é 6 vezes maior.

4 – Qual a diferença da leitura convencional para a dinâmica?
Na leitura dinâmica utiliza-se artifícios como:
– Pré leitura
– Identificação de palavras chaves.
– Ampliação do campo de visão.
– Leitura com salto de olhos mais espaçados.

Veja também: