Menu fechado

Orientação profissional ajuda estudantes a decidir a futura profissão

Escolher a futura profissão em meio às centenas de opções de cursos universitários atualmente oferecidos aos estudantes é tarefa difícil e que causa ansiedade aos jovens e suas famílias. A orientação profissional nesses casos auxilia a definição sobre a carreira, além de apoiar a escolha da melhor universidade onde estudar. Os especialistas em orientação vocacional explicam que a dúvida, nessa fase de conclusão do ensino médio e inscrição em vestibulares é normal e até mesmo benéfica se o jovem e sua família buscarem informações antes de tomar a importante decisão.

A psicóloga especialista em orientação vocacional e professora do curso de Psicologia da Unaerp, Mariana, explica que “em termos da orientação vocacional, especificamente, a dúvida é até importante, porque significa que a pessoa parou para pensar e isso mostra que ela não vai tomar decisão baseada em fantasias, e sim buscar mais informação para esclarecer suas dúvidas”. Segundo os educadores, uma razões que mais tem contribuído para provocar dúvidas é a profusão de novos cursos e novas faculdades. Atualmente, há mais de 2 mil instituições de ensino superior espalhadas pelo Brasil, de acordo com o censo do INEP – Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais do Ministério da Educação. Essas instituições, muitas das quais recém instaladas, oferecem dezenas de opções de cursos sobre os quais os estudantes têm pouca informação.

De acordo com a psicóloga Mariana, o primeiro passo que o jovem estudante deve tomar para decidir sobre a futura profissão é conhecer as próprias características pessoais, levando em conta seus gostos, habilidades e potencialidades. Com essas características identificadas, o estudante deve refletir sobre as perdas e ganhos ocasionados pela decisão, pois em todas as profissões há vantagens e desvantagens. Analisar as condições e exigências do mercado do trabalho é o terceiro ponto de apoio à decisão e pode ajudar a definição já que mundo profissional está cada vez mais dinâmico e competitivo.

Esse processo será mais fácil se o estudante tiver acesso a informações objetivas e completas sobre as habilidades, práticas e fundamentos teóricos das profissões que estão no rol de opções do vestibulando. Além disso, é fundamental conhecer a estrutura acadêmica necessária à boa formação de profissionais nas áreas de interesse. Os educadores afirmam que a escolha de uma faculdade que não oferece o suporte e a qualidade necessária para o ensino pode desestimular o estudante e levá-lo a desistir da profissão.

Uma das formas para obter informações precisas sobre o curso e a universidade a ser escolhidos é visitar a instituição, conhecer suas instalações, saber sobre as disciplinas que os cursos oferecem, práticas desenvolvidas, laboratórios existentes. Conversas com coordenadores de curso e professores podem esclarecer sobre as habilidades desenvolvidas na área e as aptidões que facilitam o exercício de determinada profissão.

O PIP – Programa de Informação Profissional da Unaerp é um evento voltado à orientação profissional e apresentação da estrutura acadêmica da universidade e de todos os cursos da instituição. “Essas atividades são essenciais porque oferecem suporte para o estudante esclarecer suas dúvidas e ter acesso às informações sobre as bases teóricas e práticas de cada profissão. Além disso, é uma forma de acolher os alunos para eles tenham oportunidade de se familiarizar com o ambiente universitário, que é totalmente diferente do ambiente do ensino médio”, afirma Mariana.

A estudante Thaís foi uma das vítimas da incerteza quando estava terminando o terceiro colegial. Sua única certeza era o gosto pela escrita e por isso pensava em cursar jornalismo, mas ainda não tinha certeza sobre a profissão a escolher. Para a estudante, que cursa hoje o último ano de Jornalismo da Unaerp, a ajuda que recebeu de profissionais e estudantes do PIP, foi fundamental para ajudá-la a se definir pelo curso e pela universidade. “Fui muito bem recebida e orientada pelos monitores que atendiam os visitantes na sala do curso. Eles me informaram tudo sobre a grade de disciplinas e as atividades do curso de Jornalismo. Foi aí que eu tive certeza e fiquei mais apaixonada pela profissão”, declara a universitária. Thaís afirma também que a realização de programas como o PIP é “muito válida porque aos 16, 17 anos não temos certeza de quase nada na vida e programas assim são úteis para quem realmente pensa em cursar uma faculdade por oferecer ajuda na escolha da profissão”.

Programa de Informação Profissional da Unaerp
O PIP – Programa de Informação Profissional acontece nos dias 20 e 21 de outubro nos dois campi da universidade, Ribeirão Preto e Guarujá. Neste Programa a Universidade abre suas portas aos estudantes do ensino médio e cursos pré-vestibulares de toda a região e de estados vizinhos com o intuito de mostrar a infra-estrutura da instituição, oferecer informações detalhadas sobre cada um dos seus cursos e orientar estudantes e familiares sobre as características de cada profissão e do mercado de trabalho. Os estudantes têm acompanhamento de professores e monitores de cada curso, que orientam, tiram dúvidas e apresentam a estrutura acadêmica da Universidade.

O Programa também é uma opção de cultura e lazer, já que realiza durante os dois dias apresentações de bandas, grupos esportivos, dança e outras manifestações culturais. Além disso, nesse ano, o PIP faz parte da programação do “Dia da Responsabilidade Social do Ensino Superior Particular”, que será realizado em todo o país. No dia 21 de outubro, as instituições superiores vão informar à sociedade, com fatos e números, as ações de responsabilidade social que vêm sendo desenvolvidas pelas instituições particulares.

Veja também: