Menu fechado

Planejamento e modo adequado de estudar

Saber como estudar cada disciplina e fazer um planejamento de horários pode ajudar a aumentar e a diminuir o estresse do vestibulando. Uma boa estratégia é estudar no mesmo dia as matérias que teve na aula. No caso de quem estuda sozinho, deve-se procurar distribuir o conteúdo inteiro pelo tempo que ainda resta antes das provas.

Em ambos os casos, o estudante pode montar um quadro com o tempo que irá se dedicar diariamente a cada matéria. “A rotina de estudos é importante porque nos disciplinamos a estudar tanto aquilo que gostamos quanto o que nos atrai menos”, disse José Luiz Pastore Mello, mestrando em educação pela USP.

Em humanas, o principal é fazer uma leitura muito atenta dos textos teóricos. É recomendável fazer resumos, escrevendo uma redação com os principais tópicos do que foi lido da matéria.

Em história, segundo Cláudio B. Recco, coordenador do site www.historianet.com.br e autor do livro “História em Manchete – O início do Século”, o vestibulando não deve se preocupar com datas e nomes. “O estudante deve ler textos sempre questionando o porquê das coisas.”

A leitura de jornais, principalmente dos cadernos referentes a acontecimentos internacionais, também é importante. “Atualidades é muito cobrado em história e geografia, especialmente na chamada geopolítica”.

A leitura de jornais é importante também para a biologia, que tem cobrado com freqüência assuntos atuais, como bioética e biotecnologia. “Aconselho que os alunos não fiquem apenas nos exercícios. A biologia exige interpretação de texto, por isso é importante ler a teoria”, disse Fabio Giordano, professor da Universidade Santa Cecília, de Santos, e doutor em ecologia pela USP.

Nas matérias de exatas, é importante fazer o máximo de exercícios para conseguir fixar os conteúdos e saber aplicá-los. Outra dica é tentar relacionar fatos cotidianos com conceitos científicos, o que vem sendo cobrado nos últimos exames.

Como estudar as disciplinas Humanas
1) Procure ler com atenção os textos teóricos, grifando-os
2) Faça um resumo, mas sem copiar
3) Procure relacionar os conteúdos das disciplinas, como as características de determinada escola literária com o seu contexto histórico
4) Utilize, sempre que possível, mapas para ajudar no estudo de geografia e de história
5) Leia pelo menos um jornal todos os dias, especialmente as seções de acontecimentos internacionais
6) Faça principalmente exercícios escritos. Nos testes, procure saber por que cada alternativa está errada
7) Leve suas redações para um professor ou plantonista corrigir e reescreva-as caso tenham muitos erros
8) Faça um glossário com as palavras desconhecidas que encontrar em textos

Exatas

1) Não limite seus estudos apenas à leitura da teoria e dos exercícios resolvidos
2) Resolva o máximo de exercícios que puder
3) Procure começar com o mais simples, que cobrem, por exemplo, a aplicação direta de fórmulas. Depois, passe para os mais complexos
4) Em casos de dúvidas, leve o exercício para o professor ou o plantonista
5) Não use calculadora
6) Procure relacionar os conceitos aprendidos com situações cotidianas

Biológicas

1) Adote uma posição intermediária entre humanas e exatas (primeiro estude a teoria e, depois, faça exercícios para fixar os conteúdos)
2) Procure ler jornais, principalmente os cadernos de ciência, para saber sobre acontecimentos atuais relacionados à disciplina.

Dez motivos para começar a estudar logo

1) A probabilidade de acumular as matérias a serem estudadas será menor
2) Você terá mais tempo para se divertir e relaxar, principalmente no final do ano, quando a tensão é maior
3) Você terá tempo de fazer uma revisão quando as provas se aproximarem
4) Você poderá adquirir e aprimorar habilidades e competências, como raciocínio lógico e capacidade de interpretar textos, o que facilita a aquisição de novos conhecimentos em todas as matérias
5) Será possível fazer mais testes e simulados, acostumando-se com os tipos de questão que costumam ser cobrados nas provas
6) Você poderá perceber antes o seu jeito de estudar, se sozinho ou em grupo e a carga horária diária, o que aumentará o seu rendimento
7) A pressão da cobrança de seus pais deve ser menor se eles perceberem que você está estudando desde o começo do ano
8) Se começar a estudar desde o ensino médio, o cursinho pode servir apenas para revisar conteúdos, e não para aprendê-los pela primeira vez
9) Você poderá identificar antes os seus pontos fracos e tentar melhorá-los
10) Sentir que está com as matérias em dia pode aumentar sua autoconfiança

Veja também: