Menu fechado

Ralando na Net

Ralando na Net

A internet tem se revelado uma grande aliada aos estudos e tem possibilitado um grande reforço no que se aprendeu até o momento. Na reta final a preparação deve ser orientada e bem planejada.

Aquele que muda bruscamente a velocidade de carga de estudos estará fadado a não se sair bem nas provas. Logo, a seleção dos materiais pesquisados na Internet devem ser relevantes e confiáveis. A qualidade de estudo de um vestibulando não deve ser confundida com a quantidade.

A internet pode disponibilizar informações em demasia para aquele que gosta de pesquisar. Assim estará mais bem preparado aquele que soube selecionar bem o material estudado e estruturou um bom plano de estudo. O estudante que aumenta ou diminui a sua dedicação aos estudos geralmente sofre as conseqüências.

Não se deve ficar noites sem dormir, estudando, nem dormindo demais sem estudar. Após preparar o plano de estudo, seguir os horários com muita disciplina. Outra dica é manter em dia o assunto visto em sala de aula, já que acumular conteúdo só aumenta o nível de ansiedade. Em uma revisão é recomendável manter o ritmo que o estudante possui. Aquele que rala por horas e horas, deve continuar ralando.

Aquele que não se dedica tanto, deve também ter uma boa meta definida e planejada, concentrando-se nos assuntos que considere mais difícil. A distribuição do tempo entre as matérias, além do equilíbrio entre estudo, descanso e lazer deve ser uma preocupação. Para fazer a diferença, o vestibulando tem de adquirir hábitos de estudos saudáveis que se adaptem ao seu estilo de vida.

O cansaço normalmente aumenta o nervosismo e prejudica o próprio aprendizado que acaba levando o estudante a um grave acidente. Assim ele deve separar um tempo específico para cada matéria, para cada pesquisa e para a navegação na net, dosando aquelas que você tem maior dificuldade com as que são mais importantes para sua classificação, as chamadas matérias específicas.

Dividir racionalmente o conteúdo obtido na Net também é importante para que o candidato não se sinta frustrado por não conseguir assimilar algum conteúdo. Na revisão é o momento de ganhar mais confiança e retomar a parte teórica para tirar as dúvidas. O treino com simulados e resolução de exercícios não muito complexos é o melhor caminho para deixar as teorias fresquinhas na memória.

Tentar apostar em problemas muito complexos nesta hora só pode aumentar a ansiedade e a insegurança no domínio do conhecimento, muito embora se saiba que o estranho seria o estudante estar despreocupado. Utilizando a Internet, os estudantes que traçarem estratégias de estudo, para administrar melhor o momento, conquistará seu objetivo, principalmente aquele que também navegou por preparação emocional e dicas de aprendizagem disponíveis em sites como o Vestibuol (www.vestibular1.com.br).

Carlos Rocha

Veja também: