Menu fechado

Vestibular Eletrônico ou Prova Agendada

Com o constante desenvolvimento das tecnologias da informação o tempo do lápis e papel está cada vez mais ficando para trás. Atentas aos recursos e as facilidades advindas com os avanços tecnológicos, algumas faculdades do Brasil implantaram o sistema de VESTIBULAR ELETRÔNICO com a opção de oferecer a realização de PROVA AGENDADA aos vestibulandos.

Com a realização do processo seletivo eletrônico, os alunos tomam contato com as novas tecnologias antes mesmo de iniciar o curso superior, visto que o futuro caminha para o intenso uso das ferramentas que as novas tecnologias proporcionam, como o Ensino virtual e a distância – já existem cursos de graduação feitos via Internet – e várias faculdades e universidades, antevendo essa revolução estão coordenando todas as suas ações para entrarem no mundo do ensino à distância, baseado numa proposta educacional original e que atenda as demandas de sua comunidade.

Até mesmo nos processos seletivos as vantagens da tecnologia se impõem, resultando em economia para a instituição de ensino e em conforto e tranqüilidade para o candidato.

Várias instituições estão oferecendo a possibilidade de o candidato poder optar pela realização do VESTIBULAR ELETRÔNICO como um diferencial qualitativo já no ingresso de seus alunos. Devidamente regulamentado pelo Ministério da Educação e Cultura (MEC), o vestibular eletrônico tem muitas vantagens, o que deve incentivar outras Instituições de Ensino Superior a adotar esse processo seletivo em pouco tempo, dentre as quais se pode destacar: a facilidade na inscrição, dando ao vestibulando a opção de escolher o dia e horário mais adequado para realizar a prova; o conforto na hora do exame, cada candidato faz uma prova diferente nos terminais da faculdade, sem se sentir sufocado com a presença de fiscais; a tranqüilidade de mudar uma alternativa com apenas um clique do mouse, acabando com o risco e aflição de ter uma questão anulada por preenchimento equivocado.

As perguntas são sorteadas aleatoriamente pelo computador e os cálculos e rascunhos devem ser feitos manualmente em pranchetas. Além das vantagens já descritas, o sistema de VESTIBULAR ELETRÔNICO conta com segurança de que a prova não será alterada, custos de realização reduzidos e rapidez nos resultados: assim que o candidato fecha o programa com a prova, o sistema poderá ser configurado para mostrar ou não para o candidato seus erros e acertos e ao finalizar mostrar a pontuação. O resultado final sai após a correção da redação. Segundo João Fenelon Arnaldo, desenvolvedor do sistema de VESTIBULAR ELETRÔNICO o programa é totalmente seguro contra pane do computador, pois havendo alguma falha por falta de energia, não haverá novo sorteio, porque as perguntas anteriormente sorteadas e já respondidas pelos candidatos estarão gravadas e serão resgatadas do banco de dados ao reiniciar o sistema.

JÁ QUE VESTIBULAR ESTÁ LONGE DE ACABAR… TEMOS QUE INOVAR!

A seleção ao ensino superior ficou mais fácil na maioria das faculdades particulares. Além da realização de várias provas por semestre, os candidatos podem agendar ou programar data e horário do exame.

Na disputa acirrada pelos futuros universitários, as faculdades e universidades tem de inovar e criar atrativos que ganhem a preferência dos participantes.

Cada vez mais IES convidam estudantes a participar de processos seletivos atraentes. São vestibulares que se adequam ao gosto do freguês. Vale explicar: os candidatos podem escolher data e horário de provas em muitas instituições de ensino superior. Na verdade, em todo o país, faculdades e universidades já possuem o sistema de vestibular agendado ou programado.

A alternativa de acesso aos cursos superiores varia de acordo com a instituição. Mas os princípios básicos são os mesmos. A faculdade sugere uma lista de datas para a realização das provas. Geralmente, há testes pelo menos duas vezes por semana durante um mês (em alguns casos, até 3 vezes por dia) em turnos diferentes. No ato da inscrição, o estudante opta pelo dia e horário de sua preferência. ‘‘Atendendo a uma demanda dos próprios alunos’’.

As chances aumentam consideravelmente. Tanto para o candidato quanto para as instituições. Os estudantes têm mais oportunidades de conseguir a aprovação — dependendo da faculdade, dá para participar até de oito vestibulares em um mesmo período, caso o aluno não consiga a aprovação de cara. Com isso, as escolas tentam arrematar mais alunos, que estão escassos. Em tempos de crise econômica, como o atual, as particulares não preenchem todas as vagas oferecidas, tornando este sistema ideal para o preenchimento das vagas remanescentes.

Veja também: