Menu fechado

Água prioridade mundial

Água prioridade mundial 

Atualidades: ÁGUA, PRIORIDADE MUNDIAL

A escassez de água doce no planeta ameaça toda a população – tanto de nações ricas quanto das pobres e das em desenvolvimento. Ao ritmo atual, em 2025 teremos consumido 70% de todas as reservas de água potável disponíveis no planeta.

A aceleração no consumo de água tem como principais causas o crescimento demográfico, o aumento da urbanização, a expansão da agricultura irrigada e da pecuária, além do crescente número de eletrodomésticos em uso em lares de todo o mundo.

De outro lado, podem-se apontar três grandes fatores que comprometem a oferta de água potável. O primeiro é o desmatamento, que gera a desertificação e o esvaziamento dos lençóis freáticos, ao reduzir a capacidade de retenção da umidade pelo solo e provocar a seca de rios e lagos. O segundo fator é a pavimentação das cidades, que impermeabiliza o solo, tornando mais lenta a reposição da água nos lençóis subterrâneos pelas chuvas. O terceiro é a contaminação das águas superficiais e dos lençóis subterrâneos por esgotos e produtos químicos.

O Brasil possui as maiores reservas de água do planeta, parte na bacia amazônica, parte no aqüífero Guarani, que ocupa 1,2 milhões de km2 sob áreas de Brasil, Paraguai, Argentina e Uruguai.

Veja alguns números

O planeta tem cerca de 1,4 bilhão km3 de água

2,5% das reservas mundiais de água do planeta são de água doce

Apenas 0,3% da água doce do planeta está em rios, lagos e lençóis freáticos pouco profundos

1,7 bilhão de pessoas dispõem de menos de 1 milhão de litros de água a cada ano

De 2,5 bilhões a 3 bilhões de pessoas não têm acesso a saneamento básico

As atividades agropecuárias são responsáveis pelo consumo de mais 2/3 da água doce em uso no mundo

Outros aspectos da questão

Conflitos mundiais pela água

O aquecimento global e a escassez de água

Tecnologias que podem ajudar a solucionar o problema da água

A escassez de água no Brasil

Autor: supervestibular.com

Veja também: