Menu fechado

Ciências Imobiliárias

O COFECI – Conselho Federal dos Corretores de Imóveis – resolveu regulamentar a profissão de imobiliarista. A decisão foi tomada por unanimidade por representantes dos Crecis (Conselhos Regionais), podendo agora o corretor ter nível superior. Com o tempo, o consumidor final vai preferir o graduado. É uma questão de mercado. A padronização do curso foi discutida no primeiro Congresso Nacional de Ciências Imobiliárias ocorrido em maio/2001 na cidade de Bonito (MS). Por enquanto, o curso não é obrigatório. Num futuro próximo, a universidade será o único caminho para a corretagem de imóveis.

– Currículo mínimo: Administração, Economia, Estatística, Contabilidade, Ética e Sociologia aplicadas à Administração, Economia Brasileira, Direito Público e Privado, Legislação, Legislação Tributária, Teoria Geral da Administração, Planejamento Urbano, Administração Financeira e Orçamento, Marketing e Administração de Pessoal.

– Áreas de atuação: Empresas construtoras, incorporadoras, imobiliárias, consultorias e como profissional liberal.

– Perfil do profissional: facilidade para transmitir idéias, capacidade de análise, dinamismo, aptidão para lidar com números, liderança, senso de organização e criatividade.

Veja também: