Menu fechado

Turismo

A tendência é das melhores. A chegada de grandes cadeias de hotéis e parques aquáticos ao Brasil, fez com que aumentassem ainda mais as oportunidades de trabalho para esse profissional, que já tem boa posição no mercado há alguns anos. Destaque também para os sites de viagem, voltados para a venda de passagens e de pacotes turísticos. O mercado nacional do turismo nacional movimenta cerca de 50 bilhões de dólares por ano (6% do PIB) e emprega um em cada onze trabalhadores. Muitos dos jovens escolhem o turismo porque imaginam em constantes viagens ao exterior. Os maiores empregadores são agências e operadoras de viagens, hotéis, companhias aéreas e locadoras de carro. O Trabalho é burocrático. Venda de pacotes, entrega de chaves de quarto de hotel ao hóspede recém chegado, excursões a shows de mulatas, emissão de passagens. Com tudo isso, ainda vale a pena entrar nessa, desde que tenha iniciativa e persistência. Na onda da moda está as agências especializadas em esportes radicais e ecoturismo, como rafting ( descida de corredeiras ), escalada, salto de paraquedas, caminhada em trilhas, mergulho, enfim organizar roteiros e atividades de viagem e conduzir grupos a locais de interesse turístico ambiental. Outro filão momentâneo que pode atuar o profissional de turismo é o Marketing turístico, que elabora planos e campanhas de divulgação de um município ou estado, uma região ou uma propriedade, com a finalidade de atrair visitantes e investimentos. Na Internet, trabalhar em Websites de viagens, pesquisando pacotes e tarifas de agências e campanhias aéreas para oferecer aos internautas.

Dicas: Que a atividade está em franca ascenção, é certo. Mas, dos 6 milhões de pessoas envolvidas no setor, apenas 0,3% são turismólogos, nome dado aos graduados em turismo. E a graduação não dá ao profissional status diferenciado na praça, ainda. Diante de um diplomado mais tímido, as empresas ficam com o falante sem diploma. Formados e não formados recebem os mesmos salários. Se formar uma agência especializada com uma boa carteira de clientes fixos, o profissional poderá comemorar ganhando bem e fazendo o que gosta. O mercado de trabalho para o turismólogo está em crescente, embora a profissão ainda não seja reconhecida oficialmente.

Veja também: