Menu fechado

Fuvest

A Fuvest, responsável pela organização e realização do vestibular para o ingresso na Universidade de São Paulo, anunciou mudanças para a primeira fase do próximo vestibular, que se realizará em 26 de novembro. 

A mudança formal determina a redução do número de testes, de 100 para 90 exercícios de múltipla escolha, mantidas as mesmas cinco horas para realização da prova. 

A mudança significativa, a inclusão de testes caracterizados pela interdisciplinaridade. Essa é uma tendência que já se apresentava, apesar de não estar ainda totalmente clara. Segundo Selma Garrido Pimenta, “o conceito do vestibular mudou e o que importa agora é avaliar os conhecimentos gerais do aluno”. Ainda segundo Selma, “vamos passar a cobrar raciocínio e uma postura crítica com relação ao conhecimento e não acúmulo de conhecimento”. 

Dessa maneira o vestibular da Fuvest se aproxima do modelo adotado pelo ENEM (exame nacional do ensino médio), que possui questões interdisciplinares e interpretativas, assim como das orientações do Parâmetros Curriculares Nacionais para o Ensino Médio, do MEC. 

Um vestibular com uma nova cara já era uma tendência apontada pelo professor Cláudio Recco, coordenador do HISTORIANET, em artigo para a Revista Desvendando a História, na edição 9, “Os doze exercícios propostos inovaram, com maior ou menor intensidade, quanto à abordagem da história, prevalecendo a história comparada, e exigindo dos candidatos um conhecimento mais profundo, dispensando o conhecimento factual”.

Conheça o Historianet!

Veja também: