Menu fechado

Prêmio Vivaleitura

 

 

 


 

A mobilização
pró-leitura continua. Depois do Ano Ibero-americano da Leitura
comemorado em 2019, foi criado o Prêmio Vivaleitura, com o objetivo de
estimular, fomentar e reconhecer as melhores experiências que promovam
a leitura.

 


Iniciativa do Ministério da Educação (MEC), do Ministério da Cultura (MinC)
e da Organização dos Estados Ibero-americanos para Educação, Organização
dos Estados Ibero-americanos para Educação, a Ciência e a Cultura (OEI), o
prêmio tem realização e o patrocínio da Fundação Santillana, com o apoio
do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) e da União dos
Dirigentes Municipais de Educação (Undime).
O Prêmio Vivaleitura faz parte do Plano Nacional do Livro e Leitura (PNLL).

Serão premiados trabalhos
nas categorias “Bibliotecas Públicas, Privadas e Comunitárias”, “Escolas
Públicas e Privadas” e “ONGs, pessoas físicas, universidades/faculdades e
instituições sociais", que desenvolvam trabalhos na área de leitura. A
comissão julgadora vai levar em conta a originalidade do trabalho, o
impacto na construção da cidadania, os recursos utilizados, a pertinência
e a abrangência da ação na comunidade, a duração e os resultados
alcançados, entre outros critérios. Em cada categoria, os vencedores
receberão um prêmio de R$ 30 mil.

Na categoria Sociedade,
haverá a distinção da Menção Honrosa a ser atribuída a projetos de
empresas com foco no tema “formação de mediadores de leitura”. A distinção
abrange programas e projetos de apoio, promoção e patrocínio, na área de
leitura, desenvolvidas por empresas, públicas ou privadas. O projeto que
se destacar por sua abrangência, permanência confirmada e alta relevância
será considerado merecedor da Menção Honrosa.

As inscrições são
gratuitas e terminam no dia 24 de julho.

Veja também: