Menu fechado

A Luneta Mágica – Joaquim Manuel de Macedo

A Luneta Mágica – Joaquim Manuel de Macedo

A LUNETA MÁGICA é uma obra que se afasta do romance ligeiro de complicações amorosas e desenlaces piegas, não se aproxima de nada.

Paira indecisa entre a fábula, o conto de fadas, e a historieta, tudo entremeado de digressões pseudo-filosóficas.

As freqüentes e nem sempre oportunas especulações sobre o Bem e o Mal se conduzem através de um discurso em que predomina o lugar-comum romântico, enunciado por um narrador que proclama sua miopia física e moral desde a primeira página.

Em primeira pessoa, Simplício, o narrador, conta-nos suas desventuras de míope que a duas polegadas dos olhos não distingue um girassol de uma violeta.

Veja também: